Vigilantes do Peso pode chegar ao fim em Ouro Preto

Ouro Preto,
22 de Setembro de 2013

Frequentadores pedem ajuda para que o grupo continue

Os Vigilantes do Peso de Ouro Preto, grupo que realiza reuniões onde as pessoas são orientadas a traçar metas de peso usando trocas de estratégias com discussões orientadas, pode estar com os dias contados.

As reuniões são realizadas semanalmente, todas as terças-feiras, na Escola Estadual Dom Veloso, no bairro Pilar, a partir das 19h. Nos encontros são feitos treinamentos de motivação para a perda de peso. Um chamado Programa de Pontos é indicado aos participantes, que garantem alcançar ótimos resultados. O programa que não precisa de nutricionistas, foi desenvolvido por pessoas que pesquisaram as calorias dos alimentos e criaram uma instrução dentro dos hábitos alimentares do brasileiro. “É certo que é um programa de reeducação alimentar”, explicou uma das participantes.

O ProPontos é baseado em descobertas científicas sobre emagrecimento saudável, comprovados em teste clínicos, garantem os Vigilantes. O Programa orienta a escolha de alimentos que saciam, mostra como são processados e o quanto de energia de fato disponibilizam para o corpo, fazendo perder até um quilo por semana.

Mônica Gomes, frequentadora do Vigilantes, afirmou que perdeu 12kg ao longo dos 7 meses que faz parte do Programa. “Já se pode notar a diferença, principalmente na alto-estima”, por isso ela manifesta grande preocupação pelo iminente fim do grupo em Ouro Preto.

Segundo Mônica, caso a frequência das reuniões não aumentem até o início do mês de outubro, elas poderão deixar de acontecer. Os atuais participantes do Vigilantes do Peso em Ouro Preto estão preocupados com o fim das reuniões, devido aos vários benefícios que encontram hoje no grupo. Por isso, pedem a todas as pessoas que se encontram acima do peso, que confiem no grupo e aceitem a experiência de participar de ao menos uma reunião.

Os Vigilantes acreditam que a meta é que as pessoas possam compartilhar suas experiências e frustrações, dificuldade e vitórias. “Esses incentivos são muito importantes”, explicou Mônica. “Todos os que precisam, são bem vindos”, informa a organização.

Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook