Vereadores cobram início das aulas no Colégio Dom Bosco

Ouro Preto,
13 de Outubro de 2013

Secretário de Educação prevê que aula inaugural seja realizada no dia 21 de outubro

Na tarde de segunda-feira (7) o presidente da Câmara de Ouro Preto, Léo Feijoada (PSDB) e os vereadores Solange Estevam (PPS) e Wander Albuquerque (PDT) se reuniram com o Secretário Municipal de Educação, José César, e com o Secretário de Planejamento e Gestão, Moisés Rodrigues, para cobrar o início das aulas no colégio Dom Bosco, localizado em Cachoeira do Campo.

O comodato que institui a gestão municipal do local foi assinado pela Prefeitura de Ouro Preto e o Oratório Dom Bosco no início do mês de agosto, a fim de implantar o Projeto Tempo Integral no centro infantojuvenil.

“Tivemos algumas dificuldades com relação à parte estrutural de contratação. A gente tem que cumprir a filosofia salesiana e ela requer cargos diferenciados que nós não encontramos na prefeitura”, afirma o secretário José César, ao citar a função de articulador de beleza e higiene como exemplo. “Agora, o prefeito publicou um decreto e nós podemos fazer o processo seletivo para preencher esses cargos, mas já temos condições de iniciar as atividades no Dom Bosco. A gente espera que no dia 21 de outubro possamos receber os alunos”, afirma José César. Segundo ele, as atividades poderiam ser iniciadas já na próxima semana, no entanto será recesso escolar na rede municipal de ensino.

O Colégio Dom Bosco vinha oferecendo atividades sociais e educativas na modalidade de contra turno escolar ao longo de 15 anos. “É muito preocupante o Colégio Dom Bosco estar fechado, sem as atividades que eram contínuas, uma vez que a gente sabe a importância que ele tem”, avalia a vereadora Solange. Também foi informado aos vereadores que o compromisso de preservar os funcionários que atuavam na instituição foi mantido, sendo que apenas o caso de dois deles ainda está em tramitação.

Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook