Soluções para problemas habitacionais começam a surgir em Mariana

Mariana,
20 de Outubro de 2013

Na reunião da Câmara de Mariana, realizada na última segunda-feira (14), o Projeto de Lei que resolve que “as moradias concedidas pela Prefeitura de Mariana não podem ser vendidas, alugadas, cedidas ou permanecerem fechadas” e outro que dispõe sobre o Programa “Arrumando a Casa”, também relacionado à melhoria da qualidade habitacional de Mariana, foram aprovados por unanimidade entre os vereadores.

A discussão em torno da questão habitacional está sendo pauta principal das reuniões dos vereadores há semanas. As questões das frequentes invasões na cidade preocuparam os vereadores, que caracterizaram o tema como um problema social, por isso as frequentes retomadas do assunto.

O vereador Tenente Freitas destacou a importância da votação de mais um Projeto de Lei entre os edis. O PL 135 disponibiliza profissionais na área da construção civil às famílias contempladas com matérias de construção.

SAAE de volta à pauta da oposição

Já o SAAE voltou a ser tema de discussão pela oposição na Câmara. O líder, vereador Geraldo Sales (Bambu) questionou a destinação de parte de verba, de aproximadamente R$ 2 milhões, contemplada em projeto de lei. Também criticou a posição pública da autarquia, que em informações repassadas a imprensa local, teria tentado dar a impressão de que “a culpa é da oposição, quando fala que estamos empacando verbas. Não tem justificativa, são R$ 1.980.000,00 sem explicações, sem saber para onde vai”. Por sua vez, o vereador Zezé de Nêgo aprofundou a crítica, declarando que a representação do Saae foi convidada a comparecer à casa legislativa, mas não o fez.

Soluções para problemas habitacionais começam a surgir em Mariana
Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook