Posicionamento do Turismo de Itabirito é definido em produtiva reunião

Itabirito,
27 de Maio de 2014

Em ano de Desenvolvimento da Atividade Turística, a Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo trabalha junto a empresários para reforçar a imagem da cidade

Com o objetivo de construir o Posicionamento Turístico de Mercado de Itabirito, representantes de entidades, segmentos da cadeia produtiva e empreendedores da cidade se reuniram no dia 15 de maio durante um encontro repleto de ideias. Várias atividades propiciaram a definição de qual será, a partir de agora, a identidade da cidade no que diz respeito à atividade turística.

O secretário de Patrimônio Cultural e Turismo, Ubiraney de Figueiredo, presidiu o encontro, que contou com um grande público, e falou sobre a importância da definição da imagem para chamar a atenção dos turistas para os atrativos de Itabirito. “Em primeiro lugar é preciso ter foco para trabalhar, ao definir qual é a imagem que queremos passar, poderemos reforçá-la. Atrativos para a nossa cidade é o que não nos falta!”, destacou.

Com belos e estruturados hotéis-fazenda, o turismo rural acabou se tornando destaque na região durante anos. Entrou em pauta também a discussão se esse realmente é o ponto forte da cidade, como ele deve ser trabalhado e qual é seu diferencial.

A sugestão inicial foi agrupar todos os equipamentos e atrativos de Itabirito, o conhecido pastel de angu foi destaque. Os comerciantes foram aconselhados pela Secretaria em manter o produto sempre em seu estoque, para que o turista que procurar a cidade com o objetivo de provar a iguaria, de fato a encontre.

Ubiraney destacou ainda pontos importantes que os empresários devem trabalhar para colaborar com o desenvolvimento da atividade na cidade. Zelar pela qualidade, disponibilidade de boa comida, oferecer vivências inesquecíveis e divulgar a história de Itabirito foram algumas dicas.

Após as produtivas discussões, oficinas e trabalhos práticos, todos os participantes redigiram um relatório final com o resultado da reunião. A partir de agora, o Posicionamento Turístico da cidade localizada entre a primeira e a atual capital mineira terá destaque em sua hospitalidade perpetuada nas fazendas e cozinhas rurais, chefiadas pelo pastel de angu e sua cachaça artesanal de alambique. “Somos muito bem representados por um povo festivo e por tradições musicais e culturais, por isso a Secretaria estará sempre trabalhando para fixar nosso nome entre os destinos mais procurados de Minas e do Brasil”, explicou o secretário.

Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook