O Carnaval de Ouro Preto e sua trajetória

Ouro Preto,
16 de Fevereiro de 2015

A cidade histórica de Ouro Preto, além das suas belezas naturais e históricas, é também reconhecida por seu tradicional carnaval de rua, com desfiles de agremiações carnavalescas e blocos caricatos contagiando foliões do mundo todo.

As primeiras manifestações do Entrudo em nossa região foram registradas na primeira metade do século XIX, organizadas inicialmente pelos negros africanos. As brincadeiras e desfiles de personagens caricaturados foram gradualmente incorporados pelos nobres e burgueses, que enriqueceram as manifestações de acordo com a tradição europeia.

Em 1867, foi fundada em Ouro Preto a mais antiga sociedade carnavalesca do Brasil, criada pelos servidores governamentais da época e inspirado no original português instituído em 1698: o famoso bloco caricato Zé Pereira dos Lacaios, que até hoje desfila pelas ladeiras ouro-pretanas durante o carnaval.

Em 1957, surgiu a escola de samba Império do Morro Santana, a primeira de Ouro Preto, seguida de outras seis: Unidos do Padre Faria, Inconfidência Mineira, Sinhá Olímpia, Grêmio Recreativo Imperial de Ouro Preto, Acadêmicos do São Cristóvão e Grêmio Recreativo Santa Cruz. Posteriormente, foram criadas duas escolas mirins: Chapéu Atolado e Princesa Isabel.

Na década de 80, o carnaval, embalado pelo som mecânico, ganhou as ruas do Centro Histórico de Ouro Preto através do movimento “Janela Elétrica”, responsável por atrair milhares de foliões, principalmente para a Rua São José, durante os anos em que o habitual era freqüentar bailes particulares.

Já nos anos 1990, o carnaval diurno ganhou destaque com o surgimento de vários blocos independentes, inclusive os formados por moradores de repúblicas estudantis, juntando-se aos já tradicionais blocos caricatos da cidade. Nos dias atuais, os diversos blocos com suas fantasias originais e temas entoados pelos foliões, acompanhados de bandas típicas que desfilam alegria e irreverência pelas ladeiras históricas da antiga Vila Rica, são elementos essenciais e referência da maior festa popular nacional: o carnaval.

Com o trabalho de resgatar e valorizar a cultura popular, Ouro Preto segue destacando atrações para todas as idades e públicos em diversos pontos de folia pela cidade. Essa iniciativa integra o “Carnaval das Cidades Históricas”, projeto pioneiro em Minas Gerais que conta com a união de seis importantes cidades históricas: Diamantina, Mariana, Ouro Preto, Sabará, São João Del Rei e Tiradentes.

Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook