Iepha elogia gestão patrimonial de Ouro Preto

Ouro Preto,
04 de Janeiro de 2012

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – Iepha cita Ouro Preto como bom exemplo a ser seguido em seu novo modelo de gestão de cidades históricas e faz referência ao trabalho realizado na revitalização da rua São José, centro da cidade tricentenária, na edição 47 de sua revista mensal “Bem Informado”.

De acordo com o Iepha, há um bom diálogo entre acessibilidade, utilização e patrimônio. A rua São José sofreu, em 2011, intervenções para obras de implantação da nova rede coletora de esgoto sanitário, rede pluvial, distribuição de água, além de energia elétrica, telefonia e internet. A Secretaria de Patrimônio e Desenvolvimento Urbano promoveu o alargamento dos passeios na via que conta agora com pontos elevados, garantindo maior acesso a portadores de deficiência, além de mais espaço para o trânsito de pedestres e a regulamentação do fluxo de veículos e estacionamento.

Duas áreas para embarque e desembarque de passageiros, carga e descarga e para utilização de serviços de urgência e emergência estão à disposição da população local e visitantes.

A revista do Iepha diz que “a experiência de Ouro Preto mostra que é possível promover, nas cidades protegidas, uma gestão pública que harmonize as normas de preservação e conservação do patrimônio cultural com o desenvolvimento e as necessárias melhorias na qualidade de vida cidadãos, promovendo acessibilidade, conforto e segurança sem descaracterizar ou alterar a identidade histórica do local”.

A reportagem cita ainda o reconhecimento do trabalho da Prefeitura de Ouro Preto com a conquista recente do 1º lugar nacional do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, concedido pelo Iphan, na categoria Preservação de Bens Imóveis. O projeto vencedor é: Ouro Preto – Um novo modelo de gestão de cidades históricas.

Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook