Homofobia e igualdade racial são debatidos no Fórum de Defesa dos Direitos Humanos

Mariana,
20 de Novembro de 2014

A abertura da semana sobre Direitos de Minorias começou em grande estilo na segunda feira (17) com a palestra sobre homofobia ministrada pelo professor e doutor em Direito, Alexandre Bahia. O professor colocou em pauta questões como a falta de leis contra homofobia, padrões de normalidade que são adotados pela sociedade, orientação sexual, políticas que garantem os direitos dos homossexuais.

A professora do curso de Serviço Social da UFOP, Jussara Lopes e a aluna Jordânia Marçal do curso de História, foram convidadas a completar a mesa e dar início ao debate, que discutiu com os participantes questões como heteronormatividade, relações criadas e baseadas em lógicas binárias, a necessidade de debater para diminuir cada vez mais o preconceito, a diferença entre opção sexual e orientação sexual, além de costumes considerados necessários em nossa sociedade, como a divisão dos banheiros e dos vagões de trens e metrôs por gênero.

“Mariana está de parabéns pelo evento, que na verdade vem desde agosto com a discussão durante um semestre inteiro sobre direitos humanos. Gostei da estrutura do evento, os debates foram bons e espero que a partir daqui a gente possa continuar o debate, porque na verdade os direitos humanos a gente faz todos os dias. Espero que todos os professores e profissionais presentes possam, a partir daqui, continuar desenvolvendo uma cultura de direitos humanos, que é muito necessária no Brasil” afirmou o palestrante da noite, professor Alexandre Bahia.

Os debates temáticos aconteceram nos dias 19 e 20. Na quarta feira (19) houve palestra pela manhã no distrito de Santa Rita Durão na escola municipal Sinhô Machado, e à tarde, em Monsenhor Horta, no Casarão. Na quinta feira (20) a palestra foi em Furquim na sede do Guarani Esporte Clube. A quinta cultural ocorreu na Praça Gomes Freire, com apresentações culturais dos participantes das oficinas do CRIA e Recriavida. Para fechar a semana, amanhã, sexta-feira (21) o Dr. Bruno Camilloto ministra a palestra sobre igualdade racial, às 19h, no Centro de Convenções.

Eventos Complementares – enquanto isso, o mês da Consciência Negra tem iniciativa da UFOP, que na manhã desta sexta-feira, 21/11, promove o evento “Somos Todos África”, uma realização do PIBID-AFRO-UFOP e da E. E. Professora Santa Godoy, com oficinas nas salas de aulas, contação de histórias, minicurso de Maracatu, cortejo, chuva de poesia e mais. O evento está integrado ao III festival de artes afro-diaspóricas de Ouro Preto e Mariana e II Festival de Cinema e Africanidades e V Semana da Consciência Negra da UFOP, numa região cuja maior parte da população é negra. “Nada mais justo do que ter eventos positivos sobre a cultura negra, de forma que desconstrua-se os preconceitos sobre o negro” afirma o organizador Carlos Brito.

Homofobia e igualdade racial são debatidos no Fórum de Defesa dos Direitos Humanos - Foto de Thamira Bastos
Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook