Enquete sobre eleições é tirada do ar

Mariana,
30 de Agosto de 2012

Na manhã dessa quarta-feira (22), a Rádio Mariana FM teria tirado do ar enquete sobre as eleições municipais em Mariana. O levantamento era feito em caráter informal pela internet, na plataforma online da Rádio, segundo informações repassadas pela assessoria de Comunicação da Coligação “Todos Juntos por Mariana”.

Na semana passada, o candidato Celso Cota (PSDB) apareceria com cerca de 75% das intenções de voto, Sônia Azzi (PV) com 7,3 %, e o prefeito Roberto Rodrigues (PTB) com 5,7%. O jornal A Semana teria dado destaque à vitória parcial de Celso na pesquisa, em matéria da edição do último dia 16 de agosto, “mesmo admitindo que a enquete não realizava nenhum tipo de levantamento estatístico, nem possuía bases para uma pesquisa fundamentada”. Os resultados repassados são, curiosamente, similares ao de pesquisa de fato, realizada pelo Instituto CP2, divulgadas nessa mesma edição de O LIBERAL e registradas sob o número MG-00210/2012 no TSE.

Há que se notar que no fim de semana, o candidato Roberto Rodrigues já alcançaria, subitamente, a marca dos 41% na enquete, e na segunda-feira (21), ultrapassava o candidato tucano, chegando ao primeiro lugar, com 52,1% dos votos. Já na manhã de terça-feira, a Rádio teria removido do ar a pesquisa. Na manhã de quinta-feira, 23 de agosto, como averiguado pela reportagem de O LIBERAL, já não era mais possível ter acesso à enquente, no site da Rádio Mariana.

De acordo com a assessoria de campanha de Roberto Rodrigues, “essa infeliz coincidência coloca em cheque tanto a credibilidade da emissora, quanto a credibilidade do jornal A Semana. É especialmente notável o quanto estamos trabalhando e caminhando em frente, e o resultado começou a aparecer. Crescemos na campanha e na disputa, mas resta lamentável que a rádio se posicione de forma tão incorreta nesse processo eleitoral”, comenta Walkiria Carvalho, coordenadora de campanha do candidato Roberto Rodrigues. “Esse acontecimento revela uma importante consideração nos rumos das eleições municipais deste ano. Em período eleitoral, os veículos de imprensa têm um papel fundamental nas decisões e no desenrolar da campanha”, finaliza Walkiria.

O coordenador do comitê da Juventude da coligação “Todos Juntos por Mariana”, João Carlos, afirmou ainda: “é dever do eleitorado e de toda a comunidade fiscalizar e cobrar da imprensa uma postura adequada, pode até tomar partido, mas é preciso declarar e ser coerente com isso, respeitando a informação, e o cidadão”, arremata João Carlos.

Comments powered by Disqus

Newsletter

Acompanhe-nos

Encontre-nos no Facebook